banner-clinica-dentista-white-analise-facial

A análise facial pode e deve ser avaliada antes do planejamento estético para reduzir discrepâncias entre os dois lados da face, que raramente são iguais.

Tida como o mais moderno recurso da odontologia, a análise facial permite correções nos dentes, gengiva e músculos da face que ajudam a harmonizar o sorriso do paciente.

A transformação do sorriso através da análise estética, ajuda a melhorar a aparência e deixar o paciente mais bonito e confiante. Buscamos as corretas proporções, construindo um sorriso mais agradável e confortável.

image (5)
banner-clinica-dentista-white-clareamento-dos-dentes

Com o passar dos anos, nossos dentes vão escurecendo e manchando, ganhando aspecto de velhos e mal cuidados. Dentes brancos dão à fisionomia um aspecto mais saudável e bonito. O clareamento indicado varia de acordo com as características pessoais e idade de cada um. Precisamos, no momento da indicação, avaliar também a integridade dos dentes e os motivos do escurecimento.

O clareamento dental só age sobre o esmalte do dente, não clareando resinas, blocos e porcelanas. Não desgasta os dentes ou promove qualquer prejuízo. Pode causar sensibilidade dentária que é facilmente reduzida com uso de dessensibilizantes complementares. O tratamento é seguro, eficaz e duradouro, desde que aplicado corretamente.

  • 1 - O que faz os dentes clarearem?

    O princípio ativo usado nesse tipo de tratamento é o peróxido de carbamida. Capaz de penetrar através do esmalte, o gel clareador reage quimicamente com o pigmento do dente, quebrando-o em moléculas menores e removendo-o. A substância utilizada na técnica com laser muda um pouco. Trata-se do peróxido de hidrogênio, um primo-irmão da carbamida, só que mais forte.
  • 2 - Como é o processo?

    O gel clareador pode ser usado de três maneiras. A forma mais tradicional é espalhá-lo sobre moldeiras de silicone, confeccionadas sob medida para a arcada dentária da paciente, e colocá-las em casa, à noite, antes de dormir, por um período de três semanas. Uma nova recomendação sugere deixar o produto em contato com os dentes por no máximo uma hora (não é mais necessário passar a noite toda com as placas). Isso porque descobriu-se que a eficiência do gel cai bruscamente após esse período, além de aumentar os riscos de sensibilidade na boca. Existe também a técnica a laser feita num único dia no consultório. Alguns dentistas combinam os dois métodos para encurtar o tempo com as moldeiras – fazem uma sessão de laser e prescrevem o gel de sete a dez dias.
  • 3 - Pode prejudicar os dentes?

    Não. O clareamento não altera em nada a estrutura dentária.
  • 4 - O laser dá um resultado melhor?

    Nem sempre. Esse tipo de luz fornece uma fonte de calor que acelera reação química do peróxido de hidrogênio. Mas alguns estudos recentes mostram que o clareamento com e sem ela tem um resultado muito parecido. Na verdade, quem faz o trabalho de clarear os dentes de forma mais rápida, num único dia, é o peróxido de hidrogênio formulado numa concentração mais alta do que o peróxido de carbamida, a substância utilizada em casa. Por isso mesmo, ele só pode ser aplicado no consultório sob a orientação do dentista para evitar queimadura nas gengivas. Pior: as mesmas pesquisas dizem que, por causa da alta temperatura da luz do laser, existe o risco de aumentar a sensibilidade e até afetar o nervo do dente.

  • 5 - Qualquer pessoa pode fazer o clareamento dental?

    O método é contra-indicado principalmente para quem sofre corn retrações na gengiva e tem dentes muito sensíveis, pois o tratamento aumenta esse desconforto, mesmo que temporariamente. Os dentistas fazem questão de reforçar que, se você quer destacar o sorriso, deixar os dentes mais claros pode realçar aspectos negativos da boca como a falta de alinhamento e proporção entre eles. Nesse caso, deve-se, antes, corrigir a arcada com outras técnicas da odontologia estética. Vale lembrar também que o peróxido não clareia restaurações de resina ou porcelana – elas precisariam ser trocadas para ganhar um tom mais próximo dos dentes após o tratamento.
  • 6 - Vou sentir dor?

    Não exatamente. O tratamento pode, como já dissemos antes, aumentar a sensibilidade nos dentes de quem já sofre com o problema. Para evitar que isso aconteça, o dentista mistura um desensibilizante, como o flúor, no gel clareador e pede para a paciente evitar alimentos cítricos como laranja e limão durante o período. Clarear as arcadas separadamente, primeiro a superior e depois a inferior, também ajuda a diminuir o incômodo.
  • 7 - Meus dentes vão ficar branquíssimos?

    Depende da cor deles. O clareamento pode chegar até seis tons mais claros, mas não há como prever o resultado. Sem falar que existem várias tonalidades de dentes – brancos, amarelados, acinzentados, amarronzados. Isso significa que um dente com tendência a ser acinzentado vai ficar mais claro dentro dessa matiz, mas nunca vai virar branquíssimo (o que até pode parecer artificial!). Converse com o seu dentista para você não ficar com uma expectativa irreal.
  • 8 - Posso comer de tudo?

    Durante o clareamento ficam proibidos alimentos escuros ou com corante: café, shoyu, chá, chocolate, vinho tinto, Coca-Cola, mostarda, ketchup, molho de tomate, entre outros. O pigmento deles pode se depositar na dentina, manchando os dentes e atrapalhando o resultado.

  • 9 - Dura para sempre?

    Também não. A duração vai depender da alimentação e dos hábitos de cada mulher. Quem fuma ou bebe muito café, por exemplo, pode voltar a ter os dentes escurecidos em cerca de seis meses. Caso contrário, os dentistas dizem que o resultado dura de dois a três anos. Mas é necessário fazer um retoque usando o gel clareador por alguns dias nesse meio tempo. Mais: pesquisas mostraram que o método a laser tem durabilidade menor.
  • 10 - O tratamento é caro?

    Apesar do clareamento estar se popularizando o valor ainda é alto – entre 500 e 3 mil reais. Varia de acordo com a clínica, com o profissional e a origem do produto clareador utilizado (existem versões nacionais e importadas). Em casa, com acompanhamento do dentista, existe o custo do molde, da confecção das placas e do gel clareador. O tratamento a laser costuma ser mais caro por causa do equipamento e da mão-de-obra do especialista, que fica até quatro horas supervisionando um único paciente. Apesar disso, o resultado com o laser nem sempre é melhor.
  • 11 - Ainda não tenho dinheiro para isso. Pasta dental clareadora funciona?

    Não como um clareamento feito com o dentista. Os cremes dentais, assim como os enxaguatórios bucais que prometem clarear os dentes, têm uma pequena quantidade de peróxido de carbamida, o ativo clareador. Mas a concentração é muito baixa para uma mudança significativa. As pastas de dentes com ação branqueadora costumam ser mais abrasivas – removem manchas superficiais e ajudam na manutenção do tratamento.

banner-clinica-dentista-white-dentistica

Dentística ou odontologia estética é o ramo da odontologia que atua na área da cosmética e restauração dental. Entre outros serviços, os profissionais desta especialiade tratam de clareamentos dos dentes, uso de resinas diretas, peeling gengival, facetas e restaurações estéticas.

O seu principal foco é a estética, ainda que a restauração de dentes também seja uma medida importante para a saúde individual, já que a permanência de cáries pode causar problemas a vários níveis, além de criar problemas na mastigação dos alimentos.

Pesquisa os vários tipos de preparações dentárias, a relação dos materiais restauradores com a estrutura dentária e o resto do organismo, técnicas restauradoras, etc. Tornando possível ao cirurgião-dentista restaurar de forma direta ou indireta a estética e a função dos dentes comprometidos.

banner-clinica-dentista-white-facetas-em-porcelana

São indicadas quando o paciente apresenta desgastes maiores nos dentes anteriores ou deformidades de cor, forma e tamanho. Também para fechar espaços entre os dentes (diastemas) ou corrigir fraturas.

A escolha por uma ou outra dependerá de cada paciente, cor dos dentes pós clareamento e estrutura de dente remanescente. Ambas promovem pouco desgaste na estrutura dental, devido aos avanços das técnicas mais modernas.

banner-clinica-dentista-white-lentes-de-contato
lente_contato_dental

Hoje em dia notamos uma grande revolução na estética do sorriso principalmente dos artistas que assistimos na tv e alguns dos nossos parentes e conhecidos, nova cor, novo formato e tamanho e em alguns casos até melhoras no posicionamento dos dentes da frente, tudo isso com a realização de mínimos desgastes dentários, quando falamos desse tipo de tratamento, estamos falando das famosas “lentes de contato” dentárias!

Com a maior exposição na mídia através dos “sorrisos perfeitos” dos artistas em geral, as lentes de contato tornaram-se o foco do momento da odontologia cosmética. Afinal, quem não quer ter aquele sorriso branco e alinhado sem quase nenhum desgaste de estrutura e em pouco tempo?

Com a evolução das propriedades das cerâmicas odontológicas, hoje é possível construir estruturas cerâmicas ultra-finas (lentes de contato dentárias) com apenas 0,2 mm de grossura que possibilitam um tratamento altamente estético e minimamente invasivo, com pouquíssimo desgaste ou em determinadas situações nenhum desgaste dentário realizado pelo dentista.

As lentes de contato são normalmente indicadas por razões estéticas, sendo capazes de corrigir desde pequenas imperfeições de forma do dente até correção de pequenas fraturas ou com diastemas. Podem ser usadas ainda para disfarçar manchas dentárias e pequenas descolorações. As lentes de contato são confeccionadas em laboratórios de qualidade, a partir de registros obtidos em consultório pelo dentista. Podendo durar entre 5 e 10 anos em média.

Pode haver contra indicações para as lentes de contato dentais como pacientes que apresentem bruxismo ou apertamento dental excessivo, – pacientes que tem o hábito de roer unhas, má higiene ou até outros hábitos que possam comprometer a durabilidade do tratamento como morder caneta ou palitos. O custo de tratamentos como esse pode variar muito, uma vez que nem sempre todos os dentes necessitam dessa transformação

Sempre é necessária uma avaliação criteriosa e individualizada do cirurgião dentista responsável para verificar a viabilidade de cada caso antes da confecção das lentes de contato dentais.

banner-clinica-dentista-white-restauracao-com-resina

Atualmente os grandes dentistas restauram os dentes de uma forma artística utilizando para um único dente até mesmo quinze tipos de resinas e pigmentos de tintura, desta maneira conseguimos dar naturalidade às nossas restaurações bem como funcionalidade.

São instaladas nas regiões dos dentes que apresentam cáries, deformidades de esmalte, lascas, espaços ou na troca das restaurações metálicas mais antigas.

São resistentes e estéticas, copiando a cor natural dos dentes. São realizadas em apenas uma sessão, dispensando maior tempo de confecção

Pré-Agendamento

Faça agora o seu pré-agendamento que entramos em contato para confirmação.

Nossos contatos

Segunda-feira a Sexta-feira das 08:00 às 20:00 horas

SCN QD 1 BL F SL 411 Edifício América Office Tower – Asa Norte Brasília – DF